Histórico

Tudo começou há mais de um século com uma capela de pau a pique

Em 1918, início da Estrada de Ferro Central do Brasil, a empresa construía em cada 10 km uma estação para abastecer as locomotivas em subidas de túneis. Em Jacareí, uma dessas estações foi construída no bairro chamado Piruleiras, próximo ao trecho do Rio Paraíba do Sul. O nome Pirueleiras era devido à topografia formada por montanhas e morros.

Nos anos seguintes, os moradores do bairro Piruleiras resolveram construir uma capela de pau a pique e coberta de sapé, para, ali, juntos fazerem suas orações. Terminaram de cobrir a Capelinha no dia 31 de dezembro de 1920.

Os moradores decidiram então que cada um faria a sugestão de um nome de Santo para “batizar” a Capela. E um deles sugeriu o nome de São Silvestre que é celebrado justamente em 31 de dezembro. A comunidade escolheu então São Silvestre como padroeiro.

A imagem de São Silvestre foi colocada no altar da Capelinha que passou a ser chamada de Capela São Silvestre. E o nome da humilde Capela ficou tão famoso entre os moradores que acabou servindo de denominação para o bairro, que mais tarde seria elevado à categoria de distrito. Quando perguntavam aos moradores da região para onde iam ou de onde vinham, diziam: “vou para São Silvestre” ou “venho de São Silvestre”.

E a força do nome do padroeiro da comunidade era tamanha que a própria Estação Piruleiras mudou de nome para São Silvestre. Depois, a comunidade construiu uma igreja um pouco maior, que continuou com o mesmo nome. E somente no final dos anos 1980 é que a comunidade da região, já consolidada como distrito São Silvestre, teve a iniciativa de se organizar para construir em sistema de mutirão a atual Igreja Matriz da Paróquia São Silvestre, que completou em setembro de 2009 25 anos de lançamento da pedra fundamental.

A Paróquia – A Diocese de São José dos Campos foi criada em 1981, desmembrada das Dioceses de Taubaté e Mogi das Cruzes. E a Paróquia São Silvestre foi instalada em 31 de dezembro (Dia do Padroeiro) de 1990. O Padre Antonio Aparecido Alves (Pe Toninho) foi nomeado o primeiro pároco.
Em 1994, assume o segundo pároco, Padre José Bento Vichi de Paula (Pe. Bentinho).

Em 21 de agosto de 2006, o pároco Padre Mário Teodoro Batista assume a Paróquia São Silvestre.

Também são vocações que brotaram da Paróquia São Silvestre os sacerdotes diocesanos Padre Edinei Batista e Padre Wendell Ribeiro.

O Distrito São Silvestre foi criado por Lei Estadual nº 2.343 de 14 de maio de 1980, de autoria do deputado Luiz Benedicto Máximo e possui aproximadamente 10 mil habitantes.

O 1º núcleo residencial é a Vila Garcia, depois surgiram Jardim Boa Vista e Vila São João. O distrito ainda possui o bairro São Sebastião, onde acontece a tradicional festa em louvor ao padroeiro.

Naquela ocasião a maior parte da população da região, que passara a ser conhecida como São Silvestre, era formada por colonos de fazendas, que cuidavam da plantação de milho, café e criação de gado.

(Texto Rosana Antunes – colaboração Subprefeitura de São Silvestre)



COMPARTILHE ESTA PAGINA